A conquista

Suave, maliciosa, esperta, à espreita. Aparece num olhar. Na vibração dos corações. Audaciosa e perspicaz atua sob instinto e se anuncia em gestos, fixações e sombras. Fica escondida, mas ressurge quando da presença da vítima.

Caçadores desleais pegam no ponto mais fraco dos seres. Criam um clima de taquicardias, inseguranças e medos. Em seu ambiente permanecem mais fortes, mas atacam em qualquer lugar. De maneira às vezes atabalhoada avançam com o sentimento que os toma. Se o conquistado está frágil então já o tem. Num segundo, e, estão tomados em desejos. Calores, tesões, vibrações, sangue quente pelas veias. Na pele, o calor emanado, suores, feromônios, atraem suas presas, que agora à deriva caminham, sem pensar, só seguindo o momento. Criaturas. Homem e mulher no fundo são animais. Conquistadores e conquistados.

Anúncios

2 Respostas to “A conquista”

  1. New Says:

    Oiêee!
    Como vai, Carlos.
    Adorei sua visita e visitei seus blogs que são excelentes também. Também pudera, jornalista é fera…rsrsrs… Por isso mesmo fiquei muito envaidecida com seus elogios. Obrigada!
    Viste-me sempre que puder. Será uma honra. Farei o mesmo.
    Bjs.

  2. Fe Says:

    Muito bem escrito!!! Parabéns pelo taento! Muito sucesso e muita L uz!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: