Posts Tagged ‘Lirismo’

23 horas

outubro 15, 2007

Quando for 23 horas em ponto
E por acaso fechares teus olhos
Surgirá uma luz lilás
Enxergarás no interior minha imagem
Verás o meu rosto e o meu sorriso

E se te agradares desta visão e imagem
E permaneceres com teus olhos fechados
Os meus olhos dentro dos teus olhos
Faiscarão como as estrelas cheios de amor

E neste incrível prisma passarás a sentir
Sendo 23 horas em ponto
Sentirás o toque de nossas mãos
Amigas e companheiras – ÚNICAS!

O calor dos nossos corpos
Que se buscam e se encontram
O cheiro perfumado de nossas peles
E as gotículas dos suores misturados

E ainda de olhos fechados às 23 horas
O doce e possessivo sabor dos nossos beijos
E se por acaso nesta hora em ponto
E tu com teus olhos fechados estiveres

Saberás que todo este êxtase
Estará sendo emanado por mim
Que pontualmente fecharei os meus olhos
E mentalizarei as mais lindas preces pra ti.

E se assim nos acontecer
De fecharmos nossos olhos
Às 23 horas em ponto
Não estaremos sós.

Ela

Anúncios

Sedução em Copacabana

julho 25, 2007

Mermaid Beckons - George Willoughby Maynard
Vinda da beira-mar reluziu uma sereia de sorriso esfuziante para iluminar meu caminho. Era março e lembro daquela jovem a me encantar e com as mãos a me puxar para a felicidade.

Tarde em Copacabana

julho 18, 2007

Sunset on Beach - Byron Browne
Sol se pondo, avistaram a praia
Mãos dadas tal primeiro encontro
Linda, estampado de cambraia
Exir muitos anos num recontro

Decote, transformava a mulher
Nos olhos castanhos e sardas
De tempos, no peito se acolher
Andavam por jardas e jardas

Todos passavam, iam e vinham
E anoiteceu, mas abraçados
Não esmoreciam, mais queriam

Minutos, e mais reviçados
Arrastos, uniões comprimidas
Peles permaneciam cingidas